REVIVER

Quero testemunhar teus encantos

Encantar-me com a tua glória

Cheia de morte, de sangue

Mas viva, mais viva

Deus te abençoa com amor

Dedico desde cedo meu louvor

Teu sol brilha sobre teu telhado

Teus tambores cantam teu passado

Tua história tem as páginas abertas

Reviver a glória agora em festas

Reviver São Luís do Maranhão

Reviver, São Luís, Maranhão

Anúncios

ERVA DANINHA

Sou joio

Não nascem em mim

As flores morais da sociedade trigal

 

Sou joio

Sou erva daninha, sou sim

Nasci venenoso em indesejado local

 

Sou joio

Não façam de mim

Um seguidor fidedigno da falsa moral

 

Sou eu

Sim, sou eu um ateu

Suplico o eterno vazio a adorar o deus teu

 

(Veríssimo Filho)

MUNDO NECRÓFAGO

É outro tipo de verdade

Nome disso: liberdade

Quem tem, tem

Quem não tem, amém

Sepultura a ela!

 

Fotografia antiga

Lembrança como amiga

Saudade: um bem?

Motiva quem a tem?

Sepultura a ela!

 

Sonhando se alcança

Dias de esperança

Quem pode viver sem?

Deve pertencer a quem?

Sepultura a ela!

 

Vinho à alegria

Manjar ao prazer

Sexo aos deuses

Vida a Baco!

Morte à razão!

 

(Veríssimo Filho)

VIDA

Diante do calmo mar

Avisto a fumaça distante do navio no horizonte

Penso naquilo que chamamos vida:

Um trem  no qual embarcamos quando crianças

E encontramos outros de nós que lá já viajam

E cada um descerá na sua própria estação

Onde permanecerá sozinho no vazio escuro do nada

 

(Veríssimo Filho)

 

O bom da morte é o que ela leva